.mais sobre mim

.livro de reclamações

mail: dragao.azull@sapo.pt msn: dragao.azull@hotmail.com hi5: dragaoazull.hi5.com

.pesquisar

 

.Outubro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. FIM

. Santamaria - "Castelos na...

. Angel

. modern talking--you're my...

. Milénio - Meu Universo és...

. A BOLA VAI ROLAR...

. BLOGS.... POLITICA.... SA...

. Macy Gray - I Try

. bailar pegados

. Ser corno ou não ser...

.arquivo

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds

Terça-feira, 19 de Junho de 2007

O CANCRO

  No Domingo a noite na SIC deu uma reportagem sobre crianças com cancro, confesso que a reportagem tocou-me. A reportagem chama-se “O mundo ao contrario” e fala das crianças com cancro e da vida delas depois de saírem do hospital, dos pais que mudam totalmente de vida e que ficam com a vida ao contrario, dos profissionais (médicos, enfermeiras , educadores, psicólogos,...) todos eles falam como profissionais e como seres humanos que são. Os pais das crianças muitos perdem os seus empregos porque legalmente o estado só dá 11 dias por ano quando muitas das vezes as crianças ficam cerca de quatro meses internados no hospital e a única solução para os pais ficarem com os filhos é meter baixa fraudulenta para não serem despedidos e o numero de casais que estão nesta situação acabam por divorciar-se. Pena a Sic não ter colocado a reportagem toda on line...

 

 O Mundo ao Contrario

sinto-me:
publicado por Dragão Azul às 08:30

link do post | comentar | favorito
8 comentários:
De Sr_Antonio a 19 de Junho de 2007 às 10:55
É pá, que pena tenho não ter visto essa reportagem, o cancro vai ser tema de um post meu lá para a frente... é terrível essa doença, a minha avó recentemente escapou dela por um triz e tenho um amigo que morreu com leucemia com 16 anos... é um terror ao qual tenho pavor, tanto pelo espectro da morte como pelo sofrimento que provoca
De Dragão Azul a 19 de Junho de 2007 às 11:21
É uma doença muito complicada, tudo muda, não se sabe quando começa nem quando acaba é muito sofrimento quer para os doentes quer para os familiares. Fazes bem em fazeres um post sobre este tema porque á muita gente que não sabe nada sobre o cancro.
De Cris a 19 de Junho de 2007 às 12:34
Voltaremos sempre ao mesmo, Dragãozito, a merda da falta de humanidade por parte de quem legisla. O abandono a que vota tudo quanto é cidadão. É próprio de quem não tem coração.

Tb eu vivi situações assim. Aos 15, uma amiga partiu. Tinha apenas 17 anos. Perdi a minha melhor amiga poucos anos depois do fim do curso. É doloroso ver ninos sofrerem e sentirmos a impotência de nada poder fazer para evitar males maiores e a dor. É injusta a incompreensão de quem manda na lei e na vida de cada um de nós, querendo passar-se por Deus e sendo apenas um semelhante nosso.

Fazes bem em tocar neste assunto. Hasta la bista
De Dragão Azul a 19 de Junho de 2007 às 16:15
Infelizmente toda a gente conhece alguem que teve este problema. Quanto ao legislador,... não perdes uma,... tornas a bates no ceguinho que tem olhos por todo o lado... (estou assobiar para o lado)...
De cris a 20 de Junho de 2007 às 07:51
eu bem gostava de gostar de leis. De as ler. Para ter pachorra e comparar o sistema tuga com o de outros países, tipo Finlândia. Que foi tão badalada quando era conveniente. Bato num cego que quer ser cego podendo ver. Tens razão. Ó pra mim tão preocupada!!! Venham eles. No norte a malta na tem medo, logo eu tb na tenho.
:p


beijoca e até logo
De Dragão Azul a 20 de Junho de 2007 às 11:50
Medo de quê, carago... somos ou não somos do norte.... quantos são, quantos são... vamos a eles.
De angela ferreira a 1 de Outubro de 2008 às 11:32
Olá,
Somos alunos do 12ºano de Barcelos, e estamos a fazer um trabalho para a disciplina de Área de Projecto sobre o cancro.
Este consiste em escrever um livro que relate histórias verídicas de pessoas que são vítimas desta doença.
Como tal, gostariamos que nos ajudassem enviando-nos as vossas histórias (amigos, familiares, ...) para o e-mail: conte-nos_a_sua_historia@hotmail.com

P.S.- O dinheiro que angariarmos com a venda deste livro reverterá a favor de uma instituição que apoia crianças com cancro.

Agradeciamos uma resposta

Obrigado
De Fabiana a 29 de Dezembro de 2008 às 16:37
Olá. Sou uma estudante de enfermagem e estou a desenvolver um trabalho intitulado " relação de interajuda e interpessoal em doentes oncológicos". Gostaria de trocar impressões com familiares ou mesmo doentes oncológicos. Questões simples com vista a desenvolver uma maior humanização de cuidados de enfermagem. Contactem-me através do email "enfermagem.em.oncologia@gmail.com"
Eu também já estive internada com um tumor na 3ª costela, felizmente benigno e também já participei em vários questionários. é para bem de todos, acreditem. Obrigado pela compreensão. beijinho, Fabiana

Comentar post

.links

.nota

As fotografias, alguns textos e vídeos visualizados neste página são provenientes de várias fontes: jornais; sítios oficiais e não oficias; órgãos de comunicação social e bases fotográficas estrangeiras; e motores de busca (Google). Se alguma entidade se sentir lesada ou não permitir a utilização de algum conteúdo constante neste sítio comunique-nos, por favor, e prontamente será retirado.